pt
enptes
pt
enptes

Usina Solar: uma ótima opção de investimento

Usina Solar: uma ótima opção de investimento

A usina solar apresenta-se como uma das mais efetivas soluções quando falamos em sustentabilidade ambiental. Investir nela é uma maneira de pensar no futuro e protegê-lo para as futuras gerações.

A energia solar é limpa e renovável, portanto, ela reduz diretamente a emissão de poluentes na atmosfera.

Quer saber mais sobre uma usina solar? Então continue a leitura deste artigo. E clique aqui para ver a atuação da L8 nesse segmento.

O que é energia solar?

Como o próprio nome diz, a energia solar vem da radiação eletromagnética que os raios solares emitem para a Terra. Ela é uma fonte de energia renovável, sustentável e, não obstante, muitos a consideram uma das melhores opções energéticas disponíveis atualmente.

De acordo como infográfico da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), desde 2012 a energia solar fotovoltaica já gerou alguns benefícios ao país, sendo 41,8GW operacionais, R$ 197,8 bilhões em novos investimentos e evitou a produção de mais de 47,8 milhões CO2, entre outros.

No sistema fotovoltaico, os painéis solares reúnem as partículas de energia da luz solar, chamadas de fótons, que geram correntes elétricas na usina solar ou sobre as casas.

A energia fotovoltaica pode ser gerada através de painéis ou usinas fotovoltaicas, contando com métodos diferentes de distribuição como a geração centralizada ou Geração Distribuída (GD).

Segundo apontam a ANEEL e a ABSOLAR, os três estados brasileiros que mais utilizam a GD são:

  1. São Paulo – responsável por 14%
  2. Minas Gerais – 13,1%
  3. Rio Grande do Sul – 9,6%

O que é Geração Distribuída?

A Geração distribuída, ou simplesmente GD, refere-se à energia elétrica gerada no local de consumo ou nas proximidades. Logo, percebe-se a diferença em relação à energia centralizada, que é gerada em pontos geograficamente distantes de onde será utilizada.

A definição da GD está presente no Artigo 14 do Decreto-Lei n.º 5.163 de 2004. No entanto, quase uma década depois, surgiu a Resolução Normativa n.º 482, em 2012. Essa RN definiu as condições regulatórias das matrizes de energética brasileira, dividindo em dois grupos:

  • Microgeração distribuída: sistemas de geração de energia renovável ou cogeração qualificada conectados à rede com potência até 75 kW;
  • Minigeração distribuída: sistemas de geração de energia renovável ou cogeração qualificada conectados à rede com potência superior a 75 kW e inferior a 5 MW.

Quais os tamanhos das usinas?

Os tamanhos e tipos de usinas fotovoltaicas variam de acordo com a demanda do local que as instalam. Temos, por exemplo, a usina fotovoltaica de telhado onde o sistema de geração de energia elétrica utiliza painéis solares sobre as construções. Além delas, temos:

  • Usina fotovoltaica de solo;
  • Usina fotovoltaica flutuante;
  • Usina fotovoltaica montada em estrutura;
  • Usina fotovoltaica modular.

L8 investe em usina solar

Com o crescimento da demanda por energia elétrica sustentável, estamos investindo na construção de usina solar com tamanhos até 5MWp, ou seja, usinas com minigeração distribuída.

A L8 participou da implantação de duas usinas em Minas Gerais em parceria com a VSG Energia. Esse trabalho disponibilizou energia elétrica para abastecer cerca de 6 mil residências por ano em geração distribuída, nos municípios de Cláudio e Perdões (MG).

Sempre atenta ao crescimento do segmento, a L8 também mantém um histórico de atuação. Recentemente, a empresa trabalhou na instalação de quatro outras usinas solares em Minas Gerais: uma em João Pinheiro (2100 MWh/ano), duas em Coração de Jesus (2800 MWh/ano e 4100 MWh/ano) e uma em Espinosa (2800 MWh/ano).

Com o aumento anos após ano da demanda de energia solar, a L8 buscou especialização para incluir em seu catálogo os serviços de operação e manutenção de usinas fotovoltaicas, assim, oferecendo um trabalho mais completo e seguro.

Conclusão

A energia solar é uma fonte renovável com demanda crescente e cada vez mais em uso em todo o país, tornando-se uma opção de investimento para cuidar do meio ambiente e diminuir o gasto financeiro com energia elétrica.

De olho nisso, a L8 está investindo em instalações e oferecendo serviços de operação e manutenção das usinas fotovoltaicas.

Quer conhecer mais sobre o trabalho de energia solar da L8 Group? Visite o nosso site e entre em contato.

Leitura Recomendada

A Geração Distribuída (GD) de energia pode trazer mais estabilidade para a rede elétrica, evitando a sobrecarga do Sistema Interligado[...]
A L8 Group foi uma das poucas empresas brasileiras a participarem de um evento internacional de cibersegurança em Moscou (Rússia),[...]
O DNS (Domain Name System) é o responsável por utilizarmos a internet com maior facilidade, segurança e rapidez durante nossas[...]
Carregar mais
A Geração Distribuída (GD) de energia pode trazer mais estabilidade para a rede elétrica, evitando a sobrecarga do Sistema Interligado[...]
A L8 Group foi uma das poucas empresas brasileiras a participarem de um evento internacional de cibersegurança em Moscou (Rússia),[...]
O DNS (Domain Name System) é o responsável por utilizarmos a internet com maior facilidade, segurança e rapidez durante nossas[...]
Carregar mais
plugins premium WordPress