As principais vantagens da energia fotovoltaica no agronegócio

Há décadas, o Brasil iniciou uma corrida para se tornar um dos maiores produtores e exportadores de alimentos do mundo. Então, para manter essa posição de destaque, empresas do ramo têm investido ainda mais em soluções que aumentam a sua produtividade e rentabilidade. Esse é o caso, por exemplo, da energia solar fotovoltaica.

Segundo os dados da Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), em propriedades rurais, a energia solar atingiu 142 MW de potência nos primeiros seis meses de 2020. Esse número representa um aumento de 120% em relação ao mesmo período do ano anterior. Além disso, o setor do agronegócio é o terceiro que mais investe em módulos solares fotovoltaicos no país. Atualmente, fica atrás apenas dos consumidores residenciais e do setor de comércio e serviços.

Um dos pontos fortes do sistema de energia solar é a possibilidade de economia de até 95% nas contas de luz. Esse, no entanto, está longe de ser o único benefício. Veja alguns exemplos abaixo!

Impactos positivos da energia fotovoltaica no agronegócio

O fato de ter uma fonte de energia inesgotável, não poluir o meio ambiente, ser viável mesmo em regiões afastadas e exigir pouca manutenção também contribui para que a popularidade da energia fotovoltaica cresça no Brasil. E além dos benefícios gerais proporcionado pela energia distribuída, há ainda alguns específicos para o setor do agronegócio. Vale a pena conhecer alguns deles:

Agricultura de precisão

A agricultura de precisão utiliza tecnologias de última geração — como Inteligência Artificial, Internet das Coisas e geolocalização — para otimizar e automatizar os processos de cultivo. Na prática, essas soluções tecnológicas ajudam o agricultor a realizar pulverizações automáticas e o lançamento de fertilizantes em taxas variáveis, entre vários outros exemplos. Neste sentido, a energia solar contribui em duas principais formas com o agricultor:

  • Viabiliza que as tecnologias sejam implantadas sem pesar no bolso no final do mês;
  • Possibilita que o empresário do campo se sinta motivado e tenha recursos para investir em soluções inovadoras e sustentáveis para o seu negócio.
Sistema de irrigação

Fazer o bombeamento de água para que o sistema de irrigação funcione corretamente não sai barato para o agricultor. Além disso, muitas vezes as concessionárias de rede elétrica nem atendem as fazendas que atuam com lavoura. Justamente por isso, a energia fotovoltaica é uma ótima alternativa e soluciona os principais problemas relacionados ao sistema de irrigação, além de não interferir na eficiência do processo.

Avicultura

Atualmente, o gasto com energia elétrica é um dos mais altos para os produtores de aves. Afinal, os galpões de criação precisam manter 24 horas a climatização e manutenção das condições do ambiente.

Esse problema, no entanto, é facilmente solucionado com um sistema fotovoltaico, que permite que o empresário produza a sua própria energia, cortando gastos e ficando livre da inflação energética que só aumenta no país (e tende a continuar crescendo). Além disso, ele deixa de ser refém dos prejuízos causados por quedas bruscas ou constante falta de energia.

Indústria de laticínios

Dentro das indústrias de laticínio ocorrem diversos processos diferentes — refrigeração, bombeamento de fluidos, aquecimento, limpeza e mistura, entre outros. Cada um deles consome muita energia elétrica e, consequentemente, tem um custo alto no final do mês. Porém, no caso das empresas de laticínios, há ainda outros pontos importantes, como o fato de esse tipo de indústria possuir, normalmente, grandes extensões de telhado. Isso, então, contribui para que as placas solares sejam instaladas com facilidade.

Além disso, uma vez que o sistema passa a ser utilizado, ele não apresenta ruídos e, portanto, não interfere nas operações do dia a dia. Não é por acaso que a energia fotovoltaica ganha cada vez mais espaço no Brasil, dentro e fora do agronegócio. Ao que tudo indica, esse crescimento não deve parar. A estimativa é que até 2024, o território nacional possua mais de 880 mil sistemas de energia solar instalados.

Para quem busca soluções sustentáveis e econômicas para investir em seu negócio, estar atento a esses números e, principalmente, nas vantagens que a energia fotovoltaica apresenta é indispensável.